Texto no “Fazendo” N.º 74

Acaba de ser publicado o segundo texto de uma série que iniciei no boletim Fazendo, que se publica na ilha do Faial no formato tradicional (papel), como também no formato digital.

O primeiro texto, publicado na edição de Abril, reflectia sobre Vicente Lusitano. Neste número escrevo um pouco sobre Manuel Mendes, grande nome daquela que ainda se teima chamar “Escola da Sé de Évora”, que é muito mais que uma escola: é sim um pólo difusor da polifonia vocal sacra à escala europeia.

Grande compositor (pela pouca obra musical que dele sobreviveu até aos nossos dias) e grande pedagogo (mestre dos grandes nomes da música portuguesa seiscentista) que merece o devido reconhecimento.

Tagged , , , , . Bookmark the permalink.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>